Entrar

O que é o Concurso Nacional Unificado (CNU)? O que estudar?

Por Sumaia Santana | Em 06/12/2023 08:59:47 | Brasil, Governo, CNU

O Concurso Nacional Unificado mexeu com o mundo dos concurseiros. Porém, esta não é a única modalidade de seleção de servidores públicos. Sabia que existem 13 tipos de concursos públicos?


O CNU será composto por uma prova aplicada em 179 municípios, na provável data de 25 de fevereiro de 2024.
O CNU será composto por uma prova aplicada em 179 municípios, na provável data de 25 de fevereiro de 2024.

Confira a seguir os tópicos que abordaremos neste conteúdo:

O Concurso Nacional Unificado - CNU consiste na centralização de concursos com a aplicação de uma prova única em 179 municípios. Esta nova modalidade foi oficializada pelo Decreto nº11.722, de 28 de setembro de 2023. 

A iniciativa do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) visa facilitar a contratação de servidores efetivos nos órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional.

Inicialmente, 20 órgãos federais aderiram ao Concurso Nacional Unificado, totalizando mais de 6.590 vagas. A adesão, segundo o artigo 4º do Decreto que norteia o CNU é “mediante assinatura de termo entre o MGI e o órgão/entidade interessada”. 

E o que motivou a criação desse modelo de concurso? Segundo o secretário de Gestão de Pessoas do MGI, José Celso Cardoso, o projeto surgiu em decorrência da dificuldade de alguns órgãos não conseguirem organizar suas seleções. 

Quer testar seus gratuitamente? Resolva milhares de questões de concurso comentadas.

Como vai funcionar o Concurso Nacional Unificado?

Conforme adiantamos, a seleção do Concurso Nacional Unificado será composta por uma prova aplicada em 179 municípios, na provável data de 25 de fevereiro de 2024. 

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos explica que escolheu localidades com mais de 100 mil habitantes com base na densidade populacional, a influência que elas exercem nas regiões onde se encontram e a facilidade de acesso.

A mecânica deste concurso é a seguinte: no ato da inscrição o candidato escolhe a área de atuação e cargo dentro de uma ordem de preferência. Haverá também a possibilidade de se inscrever para um cargo específico. 

Quanto à estrutura, o Concurso Nacional Unificado, ela terá duas etapas. Na primeira, as questões da prova são comuns a todos os candidatos; enquanto a segunda são questões específicas do cargo. Haverá ainda redação, também de acordo com a opção de cada inscrito.

Quais são os tipos de concurso público?

Com certeza, o Concurso Nacional Unificado mexeu com o mundo dos concurseiros. Porém, esta não é a única modalidade de seleção de servidores públicos. Sabia que existem 13 tipos de concursos públicos? Confira algumas características de cada um deles:

1. Carreira Administrativa

Os concursos para área administrativa atraem pessoas com todos os níveis de escolaridade. As carreiras que reúnem mais vagas são auxiliar administrativo, técnico  administrativo e analista administrativo.

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Ética, Direito Administrativo, Direito Constitucional. 
  • Conhecimentos Específicos: Conceitos de Administração, Noções de Arquivologia, Planejamento Estratégico.

2. Carreira Bancária

Esse tipo de concurso é bastante disputado. Para ter uma ideia, o concurso do Banco do Brasil para Escriturário teve quase 1,5 milhões de inscritos. A jornada de segunda a sexta, 6 horas por dia e o salário de quase R$4 mil foram os principais atrativos. 

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Matemática/Matemática Financeira, Raciocínio Lógico e Matemático, Mercado Financeiro, Noções de Informática.
  • Conhecimentos Específicos: Vendas e Negociação, Conhecimentos Bancários, Tecnologia da Informação, Legislação Específica.

3. Carreira em Tribunais

Podem ser de nível médio ou superior em cargos administrativos e judiciários. A carga horária é de 6 a 7 horas por dia e com remunerações atrativas.

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Raciocínio Lógico Matemático, Atualidades, Noções de Informática.
  • Conhecimentos Específicos: Regimento Interno, Estatuto dos Servidores.

4. Carreira Jurídica

Englobam os cargos de Delegado, Juiz, Promotor, Procurador e Defensor. As provas são difíceis e as questões de concursos jurídicos cobram conhecimentos profundos das leis, bem como jurisprudências e doutrinas. Provas discursivas e orais também fazem parte das seleções. Quem consegue ser aprovado recebe salários na casa dos R$20 mil.

5. Carreira de Magistratura

Ápice da carreira jurídica, que tem como início o cargo de Juiz Substituto. Além da remuneração superior a R$30 mil, o aprovado também recebe auxílio-moradia. 

Os conhecimentos necessários são: Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Processo Penal, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Ambiental, Direito Previdenciário, Direito Econômico e de Proteção ao Consumidor, Direito Empresarial, Direito Financeiro e Tributário, Direito Internacional Público e Privado, Medicina Legal.

6. Carreira de Delegado

As remunerações variam entre R$9 mil a R$25 mil. Para conquistar uma vaga de Delegado é preciso:

  • Conhecimentos Gerais: Direito Penal, Processo Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil.
  • Conhecimentos Específicos: Direitos Humanos, Criminologia, Legislação Estadual e do órgão, Direito Digital, Informática.

7. Carreira de Controle

Vagas de nível superior para Auditor de Controle Externo e Interno com remunerações que ultrapassam os R$10 mil. O Tribunal de Contas da União, Controladoria Geral da União, Secretaria do Tesouro Nacional, Tribunais de Contas Estaduais e órgãos municipais absorvem esses profissionais. 

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Noções de Contabilidade e Administração, Noções de Informática.
  • Conhecimentos Específicos: Auditoria Governamental, Controle Externo, Administração Financeira e Orçamentária.

8. Carreira Fiscal

O cargo mais comum é de Auditor Fiscal da Receita Federal. Entretanto, há outras possibilidades, como as carreiras de Inspetor Fiscal, Auditor Fiscal do Trabalho e Agente Fiscal de Rendas. 

As principais disciplinas nessas provas são: Língua Portuguesa, Matemática/Raciocínio Lógico, Contabilidade Geral, Direito Tributário, Direito Administrativo, Direito Constitucional.

9. Carreira na Educação

Aqui, as oportunidades são para Professores, Diretores, Coordenadores Pedagógicos e Inspetor Escolar.

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Inglês ou Espanhol, Informática, Matemática/Raciocínio Lógico, Noções de Administração Pública.
  • Conhecimentos Específicos: Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei de Diretrizes e Bases da Educação, Plano Nacional da Educação, Projeto Político Pedagógico, Aspectos Filosóficos e Sociológicos da Educação, Tendências, Avaliação e Planejamento Didático.

10. Carreira na Saúde

Profissionais da medicina, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, psiquiatria e odontologia são os mais lembrados, Mas, também existem vagas na área da docência, gestão e auditoria.

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Matemática/Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Noções de Administração Pública.
  • Conhecimentos Específicos: varia conforme o cargo.

11. Carreiras Militares

Vagas de ensino médio ou superior para Exército, Marinha e Aeronáutica. 

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Redação, Matemática/Raciocínio Lógico, História e Geografia Geral e do Brasil.
  • Conhecimentos Específicos: Legislação Estadual e da corporação.

12. Carreiras Policiais

Vagas para Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Legislativa. 

O conteúdo programático básico é:  Língua Portuguesa, Matemática/Raciocínio Lógico, Informática, Legislação Especial, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal.

13. Carreira de Diplomata

A carreira de Diplomata, ao contrário do que a maioria acredita, não exige formação superior em uma área específica. O profissional pode atuar nas embaixadas, consulados e entidades multilaterais com remuneração de quase R$20 mil.

Esse tipo de concurso tem editais anuais. Os candidatos respondem questões de Língua Portuguesa, Inglês, História do Brasil, História mundial, Política internacional, Geografia, Direito e Economia.

Quais concursos esperar para 2023?

O Concurso Nacional Unificado acontecerá somente em fevereiro de 2024. Para o término deste ano de 2023 ocorrerão as provas dos certames já em andamento, ou seja, com editais publicados. 

Como é o regulamento do CNU?

O regulamento do Concurso Nacional Unificado, publicado no Diário Oficial da União em 4 de outubro de 2023, possui 10 artigos.

Sobre os objetivos, o artigo 2º explica que os objetivos do CNU é “promover igualdade de acesso aos cargos públicos, padronizar procedimentos e aprimorar os métodos de seleção”.

O documento traz também os princípios da organização. A organização será de responsabilidade da Comissão de Governança e do Comitê Consultivo e Deliberativo. Resumidamente, o primeiro responderá pela determinação de diretrizes.

Já o Comitê atuará como a comissão organizadora, ficando responsável pelo edital.

Em relação ao custos, o valor será dividido entre os órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional que aderiram ao CNU com as regras detalhadas abaixo:

  • Até 1 milhão de inscritos: totalmente custeado pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos;
  • Entre um milhão e um a dois milhões e quinhentos mil inscritos: os órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional que aderiram ao CNU repassam os recursos financeiros correspondentes ao número de vagas ao MGI;
  • A partir de dois milhões e quinhentos mil e um inscritos: custos excedentes poderão ser parcial ou totalmente custeados pelo MGI.

Sobre as etapas, além das questões objetivas e redação, o regulamento esclarece que haverá prova de títulos

Concurso Nacional Unificado: o que estudar?

O edital do Concurso Nacional Unificado ainda não foi publicado. A previsão é que isso aconteça em 20 de dezembro, todavia, você já pode e deve começar a se preparar. A prova de conhecimentos gerais provavelmente trará questões de:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Atualidades;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo.

wink E como estudar para o Concurso Nacional Unificado? Reserve 4 horas diárias, divididas em dois blocos de 1h30 e um bloco de 1 hora. Nas duas sessões de 1h30, estude duas disciplinas e na última, resolva questões relacionadas aos assuntos do dia.

Concurso Nacional Unificado inscrições 2023-2024

O edital ainda não foi publicado e o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos não adiantou nada sobre as inscrições do Concurso Nacional Unificado. 

A pasta divulgou comunicado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República que cidadãos receberam um link de inscrição com a informação que a taxa a ser paga é de R$107,82.

O MGI reforça que isso é uma fake news e orienta que tais mensagens sejam denunciadas pelo e-mail concursonacional@gestao.gov.br

Resolver questõesEscolaridadeQuantidade
Meio AmbienteEnsino Médio29
Matemática BásicaEnsino Médio10
Noções de Direito AdministrativoEnsino Médio10
Urbanização BrasileiraEnsino Médio7
Resolver simuladosEscolaridadeQuantidade
Meio AmbienteEnsino Médio3
Urbanização BrasileiraEnsino Médio1
Noções de Direito AdministrativoEnsino Médio1
Matemática BásicaEnsino Médio1
Foto de perfil Sumaia Santana
Por Sumaia Santana | Comunicação Social
Formada em Comunicação Social com habilitação em Rádio e TV. Atua com redatora desde 2015, com experiência na criação de artigos e notícias sobre os mais diversos temas.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.