Entrar

Questões de Concurso: Correios

Confira aqui questões de Correios para Concurso grátis com gabarito ou respostas comentadas. Acesse milhares de questões resolvidas e organizadas para treinar online. Se preferir, baixe o PDF!

Filtrar questões
💡 Selecione apenas 2 campos por vez e clique em filtrar.


Em português, é importante observar a concordância de alguns verbos (e, portanto, a sua conjugação) quando indicam tempo, tempo decorrido, dia, hora ou em outras circunstâncias assemelhadas. De acordo com a Norma Culta, qual das alternativas abaixo está CORRETA quanto ao emprego do verbo ou dos verbos?
🧠 Mapa Mental
À medida que se renuncia às chaves e aos instrumentos que abrem as portas da dificuldade, faz-se a opção pelo mesquinho, pelo medíocre, pelo simplório.

No trecho acima destacado, nota-se que o acento grave em “às” está relacionado à regência do verbo “renunciar”, que pede a preposição a (renunciar a algo) e está antes de “as chaves”. Em qual das alternativas abaixo há ERRO no emprego do acento grave?
🧠 Mapa Mental
Os seguintes termos, todos com acento gráfico: têm, usuários, só, heróico, quê, às, plácidas, simplório.

Dentre as alternativas abaixo, qual a que reúne duas dessas palavras acentuadas graficamente pela mesma razão gramatical, ou seja, em que o acento gráfico ocorre em função da mesma regra?
🧠 Mapa Mental
Os nossos estudantes têm de ser bons leitores e bons usuários da língua formal.

Nota-se, no período acima, que a palavra “usuários” vem corretamente seguida da preposição de (usuários de algo). De acordo com a Norma Culta, em qual das alternativas a seguir, a regência nominal está CORRETA?
🧠 Mapa Mental
Dentre as alternativas abaixo, qual a que separa corretamente as sílabas das palavras técnica, ignorando, medíocre e opção.
🧠 Mapa Mental
"Quem ouviu o quê e onde, santo Deus?"

Acerca dos vocábulos, termos ou expressões do trecho acima destacado, é CORRETO afirmar que:
🧠 Mapa Mental
Veja só (...).

Na expressão “Veja só”, o verbo está:
🧠 Mapa Mental
Texto associado.

Texto para as questões 34 e 35


Uma equipe de conferentes analisou os registros de
determinados documentos. Todos os membros dessa equipe
trabalham com a mesma eficiência, e 3 deles analisaram 60% de
todo o material.

A partir das informações do texto, infere-se que a quantidade de conferentes da equipe é igual a

🧠 Mapa Mental
Texto associado.

Filhos, melhor não tê-los?

Vinicius de Moraes era conhecido entre amigos e
fãs como "o poetinha". Diminutivo carinhoso, que nada
tem a ver com a qualidade de sua obra literária: Vinicius
era, e é, um grande poeta, autor de versos antológicos,
como aqueles que se constituem num surpreendente e
desafiador paradoxo:
     Filhos, melhor não tê-los.
     Mas, se não os temos, como sabê-lo?
     Observem o contraste entre os dois versos. No
primeiro, Vinicius faz uma afirmativa categórica: "Filhos,
melhor não tê-los." É algo que pode ter resultado, em
primeiro lugar, de uma experiência pessoal. Casado várias
vezes, Vinicius teve muitos filhos. E teve também uma
vida atribulada, cheia de conflitos de várias ordens. Mas
quando afirma que "Filhos, melhor não tê-los", Vinicius
certamente não se restringe a seu próprio caso: está
verbalizando, e de uma maneira que nem é tão poética,
aquilo que muitos pais sentem quando se sentem
__________ pelas obrigações resultantes da
paternidade. Quando o filho chora de noite, quando o
filho vai __________ no colégio, quando o filho cria
confusão, "Filhos, melhor não tê-los".
     Mas esta não é uma afirmação definitiva. A
paternidade dá incontáveis alegrias. Mais: a paternidade
e a maternidade conferem ........ pessoas um sentimento
de realização pessoal que corresponde a uma
necessidade embutida na própria condição humana, a
um verdadeiro e poderoso instinto. Paternidade e
maternidade significam continuidade. Afinal, é bom ou é
ruim ter filhos? Notem que o primeiro verso é uma
afirmação que se pretende definitiva: filhos, nem pensar,
filhos só dão trabalho - ........ muitos provérbios que o
_______, como aquele que diz: "Filhos pequenos, pequenas
preocupações; filhos grandes, grandes preocupações."
     Administradores modernos bolariam algum cálculo
do tipo custo-benefício para responder ........ questão do
vale ou não a pena. Mas o comum das pessoas não
chega a esses extremos. O resultado é a dúvida. Que
só pode ser esclarecida com a própria paternidade e
com a própria maternidade. Ou seja: correndo o risco.
Porque a vida é isso, correr riscos. Quem não se arrisca
não apenas não petisca: não vive.
     A interrogação formulada por Vinicius continua atual.
E cada pessoa, cada casal, responde a sua maneira. O
que devemos aceitar. Somos humanos, e nada do que é
humano pode nos parecer estranho.

 Adaptado de: SCLIAR, Moacyr.  Zero Hora, Porto Alegre, revista Donna, 30 de março de 2008.

Analise as afirmativas sobre a formação das palavras do texto.

I. Idêntico processo de formação de palavras está presente em “realização” e “afirmação”.
II. O sufixo de “incontáveis” significa “passível de”.
III. “Pessoa” é uma palavra primitiva.

Qual(is) está(ão) correta(s)?

🧠 Mapa Mental